Desvendando o Prazer Feminino: Liberte-se dos Tabus e Desfrute do Orgasmo que Você Merece

"La Petite Mort" (Pequena Morte), como poeticamente descrita pelos franceses, é uma das mais gratificantes e intensas vivências da existência humana. Historicamente, essa inigualável fonte de prazer tem sido paradoxalmente reprimida por religiões, culturas e sociedades conservadoras, muitas vezes com uma mentalidade predominantemente masculina.

Contudo, aqui estamos no século XXI, onde, lamentavelmente, inúmeras mulheres ainda se encontram presas a estigmas e tabus que suprimem sua sexualidade e prazer. Essa realidade é ainda mais desoladora ao se considerar que o prazer sexual e o orgasmo não são meros luxos, porém elementos fundamentais para o bem-estar físico e emocional de cada pessoa.

O orgasmo é a resposta total do nosso corpo - tanto física quanto psicologicamente - ao estímulo sexual. Ele é uma explosão de prazer que alivia tensões, liberta emoções e conecta-nos profundamente à nossa essência mais íntima.

Reprimir tal fonte de prazer é, de certa forma, negar a nós mesmos a oportunidade de experienciar plenamente nossa sexualidade. Encorajamos todas as mulheres a se libertarem de quaisquer sentimentos de vergonha ou constrangimento, e explorarem e desfrutarem de seu próprio prazer. Afinal, o orgasmo feminino não é um mito, nem um tabu, é um direito que todas as mulheres merecem exercer e disfrutar.

Vários tipos de orgasmo feminino?

Segundo especialistas na esfera do prazer feminino, o orgasmo, em termos técnicos, é uma única resposta fisiológica. No entanto, a maneira como este é desencadeado e vivenciado pode apresentar grande variação, graças à complexa rede de nervos e à intricada anatomia feminina.

O orgasmo pode ser alcançado por meio da estimulação de diversas partes do corpo feminino, cada uma delas potencialmente oferecem experiências e sensações distintas. Além disso, a intensidade do orgasmo pode oscilar enormemente, dependendo de uma série de fatores como a intensidade da estimulação, o nível de excitação e o estado emocional da mulher.

Ainda que o orgasmo seja, em sua essência, um singular fenômeno fisiológico, a abrangência e a diversidade das experiências que o acompanham são tão singulares e multifacetadas quanto as mulheres que os experimentam.

Clitóris

Clitóris - Foto Wikipedia

Para a maior parte das mulheres, a estimulação do clitóris constitui o percurso mais rápido e eficaz para alcançar o clímax. Devido à sua elevada concentração de terminações nervosas, o clitóris é incrivelmente sensível e responde rapidamente à estimulação, transformando-se num meio privilegiado para a obtenção de prazer.

A estimulação do clitóris não necessita, e muitas vezes não deve, ser uma ação isolada. Na realidade, pode ser combinada com a estimulação de outras partes do corpo, proporcionando uma experiência mais intensa e gratificante.

A interação sinérgica entre diferentes zonas erógenas pode amplificar as sensações e conduzir ao alcance de orgasmos mais profundos e gratificantes.

Em suma, mesmo que a estimulação do clitóris seja frequentemente o método mais eficaz para atingir o clímax, a experiência sexual pode ser extremamente enriquecida quando combinada com o estímulo de outras áreas sensíveis do corpo.

Vagina

A penetração vaginal, seja com os dedos, um pénis ou um vibrador, pode por si só conduzir ao orgasmo, ainda que na maioria das vezes seja conjugada com a estimulação do clitóris.

Diversas posições sexuais permitem que, durante a penetração, o clitóris seja facilmente estimulado pelo contacto com o corpo do parceiro(a).

Nesse sentido, vários brinquedos sexuais são concebidos para realizar precisamente isso, mesmo que os utilize a solo.

Existem múltiplos modelos de vibradores que possuem uma haste para a penetração e outra para a estimulação por vibração no clitóris.

Há também a existência do chamado "Ponto G" no interior da vagina. Quando estimulado, normalmente intensifica o orgasmo ao nível máximo individual da mulher.

Durante a penetração com o pénis, o ponto G é estimulado, embora geralmente de forma relativamente discreta. 

Uma dica que adoro para o orgasmo por estimulação do Ponto G: A mulher com a palma da mão pressionar a pubis quando está prestes a atingir o orgasmo.

Os vibradores específicos para o Ponto G permitem um contacto de forma mais direta e consideravelmente mais intensa.

Orgasmo outras partes do corpo

Os mamilos, o ânus e outras partes do corpo, de acordo com a sensibilidade individual de cada mulher, também podem desempenhar um papel importante na intensificação do orgasmo.

Existem brinquedos eróticos específicos que ajudam a estimular estas áreas, oferecendo um acréscimo de prazer e intensidade. Por exemplo, as ventosas e os clipes para mamilos são ferramentas simples, porém eficazes, que podem amplificar as sensações nesta região altamente sensível.

Quanto à estimulação anal, existem os plugs anais, que são projetados especificamente para este fim. Além de proporcionarem uma experiência única de prazer, eles também podem ser excelentes complementos durante outras formas de estimulação sexual, enriquecendo assim a experiência erótica feminina.

Em suma, o prazer sexual feminino é multifacetado e pode ser potencializado de várias formas. Explorar estas opções pode ser uma jornada gratificante de autodescoberta e êxtase

Atreve-te a experimentar e disfrutar.

A intensidade do orgasmo feminino

Segundo alguns estudos científicos apesar de a intensidade poder ir do zero ao infinito pode ser dividida em 3 níveis.

NÍVEL 1

  • Orgasmo mais comum, obtido pela estimulação do clitóris a mulher sente uma série de contrações musculares que duram alguns segundos.

NÍVEL 2

  • Normalmente quando a estimulação é vaginal e do ponto G o nível de contrações é muito maior e o climax muito mais forte. Respiração ofegante, alguns pequenos gritos, gemidos etc.

NÍVEL 3

  • Quando todo o corpo da mulher treme e até sente falta de ar, perdendo momentaneamente o controlo no corpo. Em inglês conhecido por "Full body Orgasm" é o nível mais elevado do prazer feminino.
  • Nem todas as mulheres atingem esse nível mais intenso. Para tal é necessário muito conhecimento de si própria. Experimente com novos tipos de brinquedos, descontraia e entregue-se ao prazer sem culpa seja a solo ou a dois.

As ferramentas certas para o orgasmo

Cria o ambiente certo, é fundamental estar relaxada, sem stress e com tempo para explorar e entregares-te ao prazer.

Experimenta diferentes técnicas e diferentes brinquedos, utiliza um lubrificante ou um óleo para estimulação feminina (melhora muito o prazer). 

Atualmente existem inúmeros tipos de óleos e lubrificantes que permitem explorar novas sensações como por exemplo o efeito de frio ou quente.

Link: /oleos-e-lubrificantes/estimulacao-feminina

Atreve-te na masturbação mútua (com o parceiro/a). É uma experiência muito interessante para se conhecerem melhor.

Óleo para estimulação feminina

O autoconhecimento do próprio corpo e a exploração das diversas zonas erógenas permitem à mulher ganhar mais confiança, especialmente quando está com um(a) parceiro(a), facilitando assim a obtenção do orgasmo.

Existem exercícios específicos para fortalecimento da região pélvica, como o pompoarismo, que ao usar as bolinhas vaginais, intensificam e ampliam o prazer.

As variadas categorias de produtos que disponibilizamos são justamente as ferramentas ideais para explorar o prazer no feminino.

Estimulador do clitóris

Clitóris

Vibradores para estimulação do clitóris

Estimulador do ponto G

Ponto G

Vibradores para estimulação do ponto G

Artigos relacionados

Comentários (0)

Não existem comentários de momento
Artigo adicionado à Lista de desejos